04 fevereiro 2010

Bem vindo, Gabriel



Mandala pintada por Letícia Gabian



Poesia


Onde fui buscar-me,
a vida era litoral:
as ondas não cessavam
de molhar-me os pés,
insistindo em convites sempre iguais:
vem, que estas águas são tuas,
são teus sonhos de paz.


José Augusto Pondé







4 comentários:

Maria disse...

E tu és tão doce! E tão lindo!
E é tão comovente este post com um poema do pai do Gabriel... ele vai adorar.

Beijo-te!

Maria disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Leticia Gabian disse...

Comovente mesmo!
Eu, que ando com o coração aos pulos e com as emoções todas à flor da pele, não contive as lagrimitas.
És mesmo um doce amigo!
Obrigada!
Gabriel vai sentir o mesmo que eu, podes ter certeza.

Beijos grandes, meu amigo!

Micas disse...

Sem dúvida uma prenda muito bonita para o Gabriel. Desejo que passem juntos um tempo maravilhoso, especialmente a mãmã Leticia que deve estar a "morrer" de saudades.

Tudo de bom.