31 agosto 2007

Diário VI - Algures, entre caipirinhas e Shots















Já deu para perceber que nestas férias o Baco colou-se a nós, fazendo da nossa sombra o seu fresco refúgio, espalhando a sua influente sabederia por estas pobres e sedentas almas. E eu nem me atrevo a comentar, quanto mais mostrar em piores imagens o granel que por vezes se instalou nas hostes.

Mais do que tudo aquilo que foi visto, estes dias marcaram a diferença pela amizade e carinho que se viveu, se partilhou, entre velhos e novos amigos.

Obrigado Charraz, Marta, Bruno, Sofia, Rita, Salgueiro, Manela, Marco, Nanda.
Obrigado, também aos amigos que não poderam estar presentes, fisicamente, mas que andaram, sempre, no nosso coração.

1 comentário:

SalgasVelho disse...

Não tens que agradecer Amigo!
E para a próxima, providenciarei 3 em vez de duas e acompanhar-te-ei ao WC, vale?
E talvez a Jacinta apareça, embora não me pareça muito contente por ver as suas intimidades expostas universalmente!
Prometo falar com ela. Sim, que eu, infelizmente, nunca me dei muito bem com "línguas mortas"!

Abraço pra ti e beijo prá Fátima.